OLHA ISSO! "Bola" da vez: "O ponto", de Gardi Hutter

Toda quinta, Gerson Bernardes e Alexandre Simioni escolhem um vídeo e compartilham aqui no triolé, sempre com algum comentário, sob a ótica do palhaço.

(em março serão quatro convidadas especiais leia sobre aqui)



Bola” da vez: “O ponto”, de Gardi Hutter

Patricia Nardinelli

Neste mês do teatro e circo, e claro, também mês de nós, magnânimas, maravilhosas, inteligentes e poderosas mulheres, nada mais justo que, unindo o útil ao agradável, fazer hoje referência às palhaças mulheres deste mundão... A primeira palhaça mulher que tive o prazer de conhecer (por meio de suas obras e quem me dera pessoalmente!) é a suíça Gardi Hutter.

Gardi é, sem dúvida, a palhaça mulher mais conhecida do mundo e afirma que sempre teve paixão pela arte do palhaço, pois para ela, o palhaço é “a liberdade em pessoa”. E eu concordo. Livre das ditaduras da sociedade, ao palhaço tudo é permitido. Tendo que enfrentar todas as dificuldades de ser uma mulher, experimentou também as de ser uma palhaça. Mas soube dar a volta por cima e se fazer ser reconhecida como ícone do teatro, utilizando-se do ineditismo a seu favor.

Depois do grande sucesso com as peças Joana D’ArPpo e Cheese!, Hutter aposta na historia tragicômica Souffleuse (O ponto), que conta a história de uma mulher que trabalhava e morava embaixo de um palco de teatro, até que foi esquecida ali quando o teatro mudou-se de lugar. A peça recebe este nome em razão da função desempenhada por Hutter, de sussurrar o texto esquecidos aos atores da peça de uma cúpula localizada no meio do palco. O trágico revela-se quando Hutter percebe que está sozinha, que perdeu não só seu “emprego”, mas, de certa forma, sua identidade.

No vídeo, algumas cenas deste incrível espetáculo. Essa mulher é incrível, e faz por merecer o título de melhor palhaça do mundo!

video

2 comentários:

  1. Puxa queria tanto um DVD dela. Onde posso encontrar??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Drica, infelizmente os dvds que compramos foi durante o espetáculo, quando ela veio ao Brasil. É possível que no site você consiga alguma informação: www.gardihutter.com

      Excluir