Happy Day


No dia 17 de outubro Lambreta e Mereceu desembarcaram seus badulaques aqui em Londrina mesmo, no evento "Happy Day". O convite para a apresentação partiu do nosso parceiro, Lafaiete do Vale, e foi prontamente aceito pelos palhaços.

Como nosso espetáculo é sempre realizado ao ar livre, já nos acostumamos a ficar de olho em todos os sites meteorológicos, principalmente nessa época de primavera/verão quando as chuvas são mais constantes. Eles já fazem parte dos favoritos em nosso navegador.

À partir de quinta-feira, começou a fechar o tempo e todos os sites que buscamos informações indicavam chuva para domingo (17), o dia da apresentação. No sábado o tempo estava fechadíssimo e chovendo muito, de certa forma, acho que já estávamos nos conformando com o provável cancelamento da apresentação para o domingo.

Mas eis que São Pedro também é nosso parceiro, e a manhã de domingo prometia um verdadeiro Happy Day. Muito sol e calor, um dia lindo! Foi até difícil encontrar um local com sombra para o público, mas encontramos o melhor lugar e montamos nosso cenário no meio da rua, com o carro servindo como suporte para barraca.

Essa era a nossa primeira apresentação com o novo sistema de som que compramos para o espetáculo e para a dupla. Pela primeira vez também a Fernanda, nossa produtora e operadora de som, ia operar a trilha do espetáculo utilizando dois aparelhos, pois também pela primeira vez dividimos a trilha em dois cds. Claro que ensaiamos várias vezes com essa alteração, inclusive no dia testamos muito antes de iniciar o espetáculo.


Assim que começou a apresentação, enquanto Lambreta fazia sua cena, a Fernanda entra no camarim e me avisa que um dos aparelhos não tocava uma parte importante para o espetáculo. Eu não tinha como avisar o Lambreta, era pensar em como improvisar nesse momento, e fazer com que ele entendesse que havia um problema. Bom, depois de passar mais da metade do espetáculo apreensivo, chega a hora, mas o som entra no momento certo. Sem nos darmos conta, a Fernanda conseguiu resolver o problema durante o espetáculo, trocou o Player teimoso e tudo correu bem.

O que eu mais gosto no teatro é justamente isso! O público sequer ficou sabendo que houve um problema durante o espetáculo (e nem tem que saber mesmo)! Mas a gente, que está lá trabalhando, concentrado e muitas vezes desesperado por uma solução, tem que passar um ar de que está tudo correndo como planejado. Ainda bem que no final, o espetáculo foi divertido como sempre. Claro que com um toque a mais de adrenalina.

Nós, palhaços, nos divertimos, como sempre. E o público, se diverte por tabela.

Confira as APRESENTAÇÕES AGENDADAS, e leve toda a família para se divertir com nosso espetáculo.

Depois do espetáculo, cachê em picolé de abacaxi.
Chegamos a pensar em mudar o nome do blog para "Picolé Cultural"


Postado por: Mereceu

Nenhum comentário:

Postar um comentário